LOGO Papo10cristaoWEB.png

A Revista do CriaRE

       O Departamento Infantil da IBRENJ, estudou durante todo o primeiro quadrimestre de 2019, o Livro de Atos dos Apóstolos. Sem dúvida alguma um dos escritos mais importantes para a Igreja de Cristo. Além de sabermos e crermos que Lucas foi inspirado pelo Espírito Santo, a escrever o Livro de Atos, fica em suspense a verdadeira intenção de Lucas em seu relato. 

        Seria realmente para trazer um padrão para a Igreja, em todos os tempos? Isso é o que Deus requer de todos os cristãos, em todo tempo e em qualquer situação? Essa resposta é especialmente difícil de responder, até porque, quem era Teófilo a quem Lucas endereçou a obra?

         É interessante notar que ao lermos Atos, vemos um movimento sempre pra frente da Igreja que ali naqueles dias se iniciava; e esse movimento sempre teve a iniciativa direta do Espírito Santo. Afinal de contas, quando Pedro foi pregar aos gentios na casa de Cornélio, eles foram batizados no Espírito Santo antes mesmo do batismo de João.  

          Uma coisa é certa, o Espírito Santo a tudo supervisionou e o relato de Atos está ecoando até os dias de hoje nas Igrejas, através da Palavra de Deus. O Espírito Santo continua dando direção e movimento à sua Igreja; e que movimento!! As crianças do CriaRE até tiveram uma Olimpíada Bíblica baseada no livro de Atos, um telejornal com reportagens que tentam dialogar com o Livro de Atos e mais esse Jornal que você lê nesse momento. 

           Não seria errado, se tivessem dado ao Livro de Atos o nome de “Atos do Espírito Santo”. A IBRENJ segue caminhando e crescendo; como naqueles dias relatados em Atos, milagres acontecendo, conversões de almas a Cristo e o Poder do Espírito Santo sendo derramado, tudo isso por intermédio de Cristo Jesus, nosso Senhor!

Pr. Alexandre Lira

Marco do início da Igreja Nova Jerusalém

     Em Atos no capítulo 2 temos o relato das almas que foram sendo acrescentadas através do início das pregações do Evangelho de Cristo pelo apóstolo Pedro, nos versículos 46 e 47, vemos: “Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração.” 

      E em uma entrevista com a coordenadora do Departamento Infantil de nossa Igreja, Daise Maione, ela nos contou um pouco como foi o início da Igreja Nova Jerusalém e todo esse trabalho no CriaRE (Crianças em Renovação Espiritual), departamento infantil, através da vida do Pr. Manoel Silva. 

“A igreja começou no morro da Mangueira, era bem pequena, em uma garagem de uma casa de dois andares. Os donos dessa casa eram os irmãos Santana e sua esposa Maria do Socorro. 

      A igreja funcionava embaixo e o Departamento Infantil em cima. Eram todas as faixas etárias juntas, de 3 a 10 anos e não tinha cadeiras para todos, algumas vezes sentavam três em uma só cadeira.

02 - Tia Daise Photo.png
02 - Tia Daise na Mangueira1.png

        Quando eu cheguei na Congregação da Mangueira,  que fazia parte da Igreja Nova Peniel da Tijuca, eu era nova convertida ainda, mas as crianças que me ensinavam os louvores e a dar aula. Eu perguntava e elas me respondiam, assim aprendi muito com elas. Assim começou a Igreja Nova Jerusalém e foi se organizando por lá.

       Tempos depois o pastor recebeu uma revelação de Deus referente ao novo local para igreja e neste local teria umas mangueiras. Depois de andar bastante pelas redondezas, acompanhado do irmão Nascimento, encontraram o local. Eles pularam o muro e viram as mangueiras atrás da pequena casa que estava fechada. Pequena, mas para nós era um palácio em comparação à casa da Mangueira!

Não tínhamos dinheiro para comprar a casa, mas Deus foi abençoando e conseguimos. Depois foram fazendo obras, aumentando e aumentando. Só tinha um andar e hoje expandimos muito, temos a Fundação, o Departamento Infantil que anteriormente era uma casa velhinha e alugada.”

A coordenadora nos contou também que tinha o culto da Busca de Poder às terças-feiras como até hoje, tinha o culto dos jovens e culto aos domingos pela manhã e noite. 

Tia Daise, assim conhecida por muitos, conta o maior marco da época em sua vida: “Amor e comunhão. Nós éramos poucos, mas muito unidos. E nosso pastor sempre teve um amor sobrenatural por suas ovelhas e mesmo a Igreja bem grande, ele permanece com esse amor por todos. O amor dele é o mesmo.”


Jornalistas: Mariana Alves e Ana Clara Gomes

AMOR E COMUNHÃO

FONTAM, uma fonte de amor inesgotável

     Nos tempos de Atos, os irmãos se ajudavam para que ninguém tivesse falta de nada. Compartilhavam o que tinham e até vendiam suas propriedades, para abençoar aos necessitados. Aprendemos em Atos 2, que "todos os que criam estavam unidos e tinham tudo em comum. Vendiam suas propriedades e bens, e dividiam o produto entre todos, segundo a necessidade de cada um". (44,45) E no capítulo 11, que "os discípulos, cada um segundo as suas possibilidades, resolveram providenciar ajuda para os irmãos que viviam na Judeia. E assim o fizeram, enviando suas ofertas aos presbíteros pelas mãos de Barnabé e Saulo. (29,30)

Papo 10 Cristão: Nossa Igreja através da FUNDAÇÃO ASSISTENCIAL FONTE DE AMOR, tem suprido e ajudado a muitas famílias. A igreja, enquanto corpo de Cristo, também vem apoiando com a contribuição de alimentos para a confecção de cestas básicas. O irmão pode contar um pouco sobre o lindo e abençoado trabalho, desenvolvido pela igreja através da FONTAM? O que nossa igreja faz, hoje, para suprir a necessidade daqueles que precisam de ajuda?

Irmão Francisco: Isso nasceu no coração de Deus para o Pr. Manoel e Pra. Vera, porque no começo do ministério, eles ajudavam sem ter condições. Deus deu oportunidade ao Pr. Manoel através do ministério de ajudar aos irmãos. Começou com a casa fonte de amor, onde se prestava atendimento odontológico, que era no casarão, onde hoje é o Departamento Infantil. Na Casa Fonte de Amor, também se prestava atendimento psicológico, ginecológico, pediatras e atendimento com advogados. Através da Fundação e com muito amor pelas almas, as pessoas são auxiliadas em suas necessidades. Isso vai de encontro com o que estamos estudando sobre a formação da igreja no livro de Atos. Todos os irmãos se ajudando com seus bens em comum, é o que está no coração de Deus e passou para o Pr.  Manoel e Pra. Vera no ministério deles. 

03_-_Nicholas_e_Francisco_na_Fundaçã

           Da Casa Fonte de Amor, nasceu a Fundação Fonte de Amor, para fornecer aos membros da igreja e das comunidades, um auxílio maior. O pastor montou a Fundação, porque Deus assim mandou. É a igreja que é mantenedora da fundação, distribui cestas básicas, ajuda o projeto “A preciosa semente”, faz assistência social e auxilia pessoas que buscam ajuda. A obra é feita há mais de 26 anos, ajudando comunidades e os membros menos favorecidos. Além da fundação, a igreja oferece gratuitamente o Seminário Teológico, curso de inglês e informática. Podemos dizer Ebenézer: “Até aqui nos ajudou o Senhor.”

 

Papo 10 Cristão: Conte-nos um episódio que marcou sua vida trabalhando na FONTAM.

Irmão Francisco: Minha entrada na FONTAM foi uma grande experiência em minha vida. Eu não queria trabalhar na Igreja, fugi do Pr. Manoel por quase 3 meses e ele me falou que Deus mandou eu ir pra lá, pois tinha uma obra pra minha vida na Fontam. Resisti ao máximo e todas as portas de emprego se fecharam pra mim. Mas um dia, o Pr. Manoel disse quanto tinha na minha conta bancária com cifras, vírgulas e zeros e isso me convenceu que eu não podia mais fugir e aceitei o trabalho. Nesse ano de 2019, fazem 17 (dezessete) anos que estou trabalhando na Fontam, debaixo de uma Palavra de Deus.

 

REPORTAGEM: Nicholas Freitas

Apoio: Profa. Amanda Rosa 

EM CONSTRUÇÃO

-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-
-x-x-